Preenchimento Maçã do Rosto

Bioplastia quando aplicada na maçã do rosto busca redefinir o contorno do maxilar e repor tecido perdido devido ao envelhecimento. Também pode ser alterada a relação de luz e sombra na pele, possibilitando efeitos de realce nas principais características faciais do paciente. Pode-se também preencher a massa do malar para diminuir flacidez do tecido, com resultado semelhante ao lifting cirúrgico. Para melhor harmonização facial, muitas vezes se realiza Bioplastia na Maçã do Rosto em conjunto com Bioplastia na Linha da Mandíbula.

Antes do início do tratamento, é essencial que o paciente converse com o seu médico para compreensão total das possibilidades reais do processo, evitando traços forçados e arrependimentos. Apesar de se tratar de uma prática interativa, na qual o paciente tem dizer quanto ao resultado, a palavra do médico ainda deve ser sempre considerada a final. Geralmente é utilizada anestesia local, permitindo que o paciente fique acordado durante a operação.

O período de molde do implante é de quatro dias, nos quais a coloide, celulose ou gel (dependendo do tipo de implante) são suspensas, absorvidas e substituídas pelo colágeno, produzido no próprio organismo, reagindo ao estímulo nos fibroblastos causados pelo PMMA. Aconselha-se uma revisão geral após o sétimo dia para avaliação dos resultados.

A Bioplastia na Maçã do Rosto é realizada com microcânula, uma agulha sem ponta que evita qualquer tipo de danificação neurovascular. Como não se utiliza cortes, sangramentos perceptíveis são inexistentes. Considerado um procedimento leve, é possível retornar rapidamente às atividades rotineiras após o tratamento.